RD Cultural

Notícias sobre o mundo do Rock, shows e eventos nacionais e internacionais

Somos privilegiados quando recebemos o U2?

us620

Por Marina Ruby

Depois dos shows no Canadá e nos Estados Unidos, estamos exatamente no meio da leg europeia da IETour. E assunto mais comentado após o anúncio dos shows irlandeses é a divulgação do calendário de 2016 da banda. Que países serão contemplados com as novas datas? O U2 é uma banda de alcance mundial: é realmente um privilégio receber um show deles? E sobre o Brasil: podemos nos sentir agraciados se forem anunciadas datas para os brasileiros? Fizemos essa análise, leia aqui.

Inicialmente, tratando-se de uma comparação numérica, gostaríamos de apresentar as fontes dos dados que serão apresentados. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o nosso planeta conta atualmente com 193 países – embora esse número seja controvertido por razões políticas de alguns países que reconhecem (ou não) a soberania de outros, iremos utilizá-lo como número oficial para a análise que apresentamos.

Outrossim, para contagem do número de tours já realizadas pelo U2, bem como dos países que foram visitados pela banda desde 1978, utilizaremos os dados contidos no U2.com e aqueles já coletados e consolidados pela equipe do U2gigs.

Colocados os parâmetros, verificamos que o U2, no período compreendido entre 1978 até a 360 Tour, apresentou-se em 41 destes países do globo terrestre –  o que equivale a apenas 21,2% dos países existentes no Globo. Surpreso (a)? Não fique ainda, até que você leia as seguintes curiosidades que envolvem as apresentações em turnês da banda:

* O continente africano, com os 54 países que o compõem, certamente é o que menos recebeu shows do U2. Apenas a África do Sul recebeu tours do U2, as maiores já realizadas na história da banda: a ‘Pop Mart’ e a ‘360º Tour’. Assim, o U2 não percorreu nem 2% do continente africano com as suas turnês;

* A Ásia – assim como a África – apresenta os menores números relacionados às tours da banda. Dos 50 países que formam o continente asiático, apenas Japão, Turquia, Rússia e Israel receberam shows do U2. Isso representa pouco mais de 6% dos países daquele continente. Grandes nações asiáticas (em termos populacionais e de extensão territorial) como Indonésia e China nunca figuraram nos pontos de parada do U2;

* Na América do Sul, apenas o Brasil, a Argentina e o Chile receberam tours do U2: a ‘Pop Mart’, a ‘Vertigo’ e a ‘360 Tour’. A ‘Elevation Tour’ não passou por nenhum destes países. Considerando-se que somos 13 países compondo a América do Sul, a banda mantém em nosso continente a média de cerca de 20% dos países visitados;

* Alguns países receberam shows do U2 apenas uma vez na história, dos quais são exemplos: Croácia, Rússia e Turquia, que receberam apenas a ‘360 Tour’ e; Israel, República Tcheca, que receberam apenas a ‘PopMart’;

* Há pequenos países na Europa que nunca receberam o U2: Luxemburgo, Estônia e Lituânia são exemplos disso;

* Dos 14 países que compõem a Oceania, apenas dois receberam até hoje tours: Austrália e Nova Zelândia.

* A ‘Conspirancy Of Hope Tour’ foi restrita aos Estados Unidos. Assim como a ’11 O’Clock Tick Tock Tour’ foi apresentada apenas na Irlanda e na Inglaterra. As Tours de maior alcance mundial, como falamos, foram a ‘Pop Mart’ com 27 países visitados e a ‘360 Tour’, com 26 países;

* Os Estados Unidos já receberam 10 das 15 tours realizadas pelo U2. Perde para a Inglaterra, que já recebeu 12 e para a Irlanda que recebeu 14 – lembrem-se que a ‘Conspirancy of Hope’ foi restrita aos Estados Unidos. Pois é: nem a Irlanda recebeu todas as tours da história da banda!

* No confronto entre os países que mais receberam tours do U2, embora os Estados Unidos tenham recebido um número menor de tours que a Inglaterra (e aqui considerando a tour em andamento), já são contabilizadas cerca de 150 cidades naquele país que receberam apresentações do U2. Esse número é bem superior às 66 cidades na Inglaterra que já receberam shows da banda. Comparando-se com a Irlanda, o número afasta-se ainda mais: são cerca de 20 cidades visitadas pela banda.

Desses números, é possível responder às questões iniciais: considerando-se que o U2 atingiu a marca de 21% dos países do mundo visitados, consideramos ser realmente um privilégio dos fãs que podem assistir em seus países uma apresentação da banda. E isso é o que temos visto com muita nitidez nessa IETour: muitos fãs ao redor do mundo se deslocando para outros países (vizinhos ou não) a fim de acompanhar a banda.

E não é, então, totalmente descabida a preferência pelos Estados Unidos: naquele país está concentrada a maior oferta de shows e uma ampla variedade de cidades – o que permite adequação e planejamento dos fãs ao redor do mundo que se deslocam para lá.

Sobre o Brasil: sim, fomos privilegiados quando recebemos tours da banda em nosso país. Considerados os números da Ásia, África e Oceania – nosso continente está refletindo a média mundial da banda. Ao contrário de alguns países que receberam apenas uma tour, já fomos agraciados com o anúncio de três – e certamente, na América do Sul,  figuramos como um país expressivo para tal.

U2 BRASIL (10-01-09)

Portanto – se e quando – forem anunciadas datas no Brasil, sintam-se privilegiados! Fazemos parte de uma minoria de fãs a quem o U2 dá a honra de visitar.

Fonte: U2 Brasil

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às outubro 9, 2015 por em Música, Rock e marcado , , , , , , , , , .

RSS Feed desconhecido

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.

RSS Feed desconhecido

  • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
%d blogueiros gostam disto: